Em branco

Regresso14

O ano começa e tenho o costume de fazer uma lista de decisões a aplicar nos 365 dias novinhos em folha que o calendário me oferece.

Nos últimos dias de 2012, decidi apenas não decidir nada. Planear objectivos, geralmente de mudança, implica querer alterar o presente que, todos os dias, se transforma em passado, de onde pareço querer sempre fugir… Pensando bem, essa lista a que costumo agarrar-me é como uma hipoteca do meu futuro e sempre que falho um objectivo é como se falhasse uma prestação… A cada prestação em falta eu sinto que a minha vida deixa de ser um bocadinho minha.

Por isso, o único plano para 2013 é ir vendo o que acontece enquanto me esforço para viver o melhor possível a minha vida.

A minha nova companheira ajudar-me-á a registar e a partilhar convosco tudo aquilo que não planeei.

Desejo-vos um excelente novo ano!

—-

The year begins and I have the habit of making a list of decisions to apply in the 365  brand new days that the calendar offers me.

Although, in the last days of 2012, I decided just not to decide nothing.

Therefore, the only plan for 2013 is to see what happens as I strive to live my life the best way possible.

My new companion will help me to record and share with you everything I didn’t plan.

I wish you a great new year!

One response to “Em branco

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s